Imigrar com pet para o Québec: o que fazer?

Você tem um bichinho de estimação? Descubra aqui todos os detalhes para poder imigrar com pet para o Québec!

Cachorrinho em Québec

Imigrar com pet para o Canadá exige uma série de cuidados e requisitos que você precisa cumprir, mas, é perfeitamente possível se mudar para o Québec na companhia do seu animal de estimação.

Primeiramente, se a sua intenção é levar um bichinho para residir em outro país com você, é preciso que isso seja considerado desde o início do seu planejamento. Isso porque você precisará investir tempo e dinheiro para realizar esse sonho.

Além disso, existem os obstáculos burocráticos a serem ultrapassados. Mas não se preocupe! Nesse post você descobre todos os passos necessários para imigrar com pet para o Québec. Confira!

Observação: como a maioria das pessoas que pretendem imigrar com pet possuem gatos ou cachorros, esse texto apresenta mais detalhes sobre essa condição. Contudo, caso você queira informações sobre outros animais, basta conferir as exigências nos sites das companhias aéreas, do Ministério da Agricultura do Brasil e do governo do Canadá.

Viajando com os animais para o Québec

Mesmo em voos nacionais, viajar com animais de estimação exige planejamento. Cada companhia aérea tem regras específicas quanto se trata do assunto. Não verificar esses detalhes com antecedência pode transformar sua viagem num verdadeiro pesadelo!

Há duas maneiras de fazer isso: em um voo comercial, com você, na cabine ou no porão (dependerá da raça e do peso do animal), ou por uma empresa de transporte aéreo especializada em carga-viva.

Uma das primeiras coisas a se fazer é conferir se a empresa limita o número de animais por voo. Em caso afirmativo, certifique-se de fazer a reserva para o seu pet – mas atenção: a maioria das companhias só aceita a reserva de animais via telefone.

Além disso, verifique quais são as condições de transporte para cada categoria de animal, como o peso máximo permitido para levar seu amigo peludo pertinho de você na aeronave. 

A maioria das companhias aéreas permitem levar gatos e cachorros de até 18 lb (8,16 quilogramas) no interior da cabine do avião desde devidamente alojados em caixa para transporte. Animais de maior porte só podem viajar no porão de cargas.

Outro aspecto interessante é que, em circunstâncias especiais, algumas empresas autorizam animais grandes para viajarem junto ao dono. Esse é o caso de cães guias ou animais de estimação de apoio emocional – ambos precisarão de laudo médico que comprove a condição.

Mesmo no frio canadense, os cachorros se divertem!

Documentação necessária para imigrar para o Québec com pet

A documentação necessária para imigrar para o Québec com pet é o ponto que mais merece sua atenção! O Canadá exige que o animal esteja com a vacina antirrábica em dia, ou seja, aplicada nos últimos 12 meses. 

O certificado da vacina de raiva deve estar em inglês ou francês. Esse documento deverá conter os seguintes dados: nome comercial da vacina, número do lote, assinatura do médico veterinário e data de aplicação.

 

Além disso, é exigido a apresentação do atestado de saúde e o histórico sanitário do animal emitidos pelas autoridades veterinárias do Brasil e aceito pelo Canadá. 

Nesse documento, deve constar seus dados completos (nome, endereço no Brasil, documento válido e telefone para contato), os dados do seu pet (nome, espécie, raça, cor, tipo de pelagem, sexo, etc.), a data da consulta e a assinatura do médico veterinário, com carimbo legível. 

Esse atestado será apresentado em uma unidade da Vigiagro para que o Certificado Veterinário Internacional (CVI), também chamado Certificado Zoossanitário Internacional (CZI), seja emitido.

 

Portanto, é preciso que o atestado de saúde seja feito dentro de 10 dias antes do embarque. Por isso, é preciso programar bem direitinho as datas. Vale ressaltar que você pode solicitar o CVI gratuitamente e não é necessário levar o animal na agência da Vigiagro.

Chegando no Canadá com seu pet

O Canadá não exige quarentena dos animais, portanto não é preciso avisar o aeroporto canadense com antecedência que o animal, pois, há sempre um inspetor responsável pelos bichinhos à disposição. Também não é exigido certificado de pedigree.

Ao entrar no país, seu pet deverá passar por uma inspeção, realizada pela Agence des services frontaliers du Canada (ASFC). Na fiscalização, o oficial olhará todos os documentos do animal e verificará se o pet não apresenta nenhum sinal de doença aparente.

Em relação à alimentação do seu pet, as exigências sanitárias também devem ser observadas com atenção. O governo canadense, por medida de segurança, permite exclusivamente a importação pessoal de alimentos para cães e gatos dos Estados Unidos. Portando, se esse não for o caso não arrisque.

*

Cachorrinhos em Petit Chaplain – Québec

Pronto, agora que você já sabe todos os cuidados necessários para imigrar para o Québec com pet. Nossa dica extra é: deixe o animal se familiarizar com a caixa de transporte antes da viagem, colocando-a em sua casa nos locais que ele pode acessar e entrar sem ser forçado.

Assim, fica muito menos estressante quando ele tiver que, obrigatoriamente, entrar na caixa para viajar. Chegando na província, aproveite para passear bastante com seu bicho de estimação! Os quebequenses adoram parques e os cachorros sempre são muito bem-vindos, incluindo os sem raça definida.

Gostou dessas dicas? Aqui no blog da École Québec, você encontra mais informações sobre como começar uma nova fase da sua vida no Canadá. Explore! 

Laisser un commentaire